sábado, 30 de agosto de 2008

Um mundo chamado política

Esta semana, três anos depois, voltei de cabeça para o mundo do jornalismo político. Tirando fatos, nomes e caras novos, há muita coisa que não mudou. Os comportamentos e a forma de tratar as pessoas continuam os mesmos. As ambições também estão lá, como sempre.

As táticas de comunicação, porém, ganharam mais recursos. O eleitorado tem ficado mais esperto, mas ainda é possível achar quem vote por um simples santinho bonito. Candidatos estão mais atentos e se preparam. Notaram que nada é melhor que um debate. Mesmo que este ainda não esteja qualificado como deveria.

Foto: Jornalistas entrevistam Jarbas Passarinho, décadas atrás. Crédito desconhecido

2 comentários:

Deire Assis disse...

eu percebo uma mudança na política muito mais rápida do que eu poderia imaginar. posso até estar exagerando, mas acho que as eleições desse ano marcam uma noa era. o endurecimento da legislação, a redução do tempo de campanha, as cruzadas contra a corrupção, o xeque ao poder econômico e por aí vai. acho que teremos dias melhores. especialmente para a nação de eleitores.

João Camargo Neto disse...

Ao contrário da Deire, infelizmente, ainda subestimo o eleitor.