domingo, 30 de novembro de 2008

Lar, doce Lar

Lar, doce Lar. Pode ser lugar comum, mas não tem nada melhor. Todas as vezes que venho para minha casa em Pires do Rio, sempre fico diferente, melhor. Praticamente não sou o estressado de sempre, às voltas com correrias no trabalho, no trânsito, na academia, nas coisas do cotidiano. Pensar que na semana que vem, e durante um mês, vou trabalhar 10 horas diárias. Explico: dobrarei meu horário no trabalho. Pudera eu congelar o tempo e deixar tudo como está agora, sem preocupação.

Um comentário:

Erika disse...

Esse negócio de trabalhar demais não é legal. Mas pensa no dinheirinho extra, que vai ser muito útil pra gente no ano que vem!..ehehehe. Beijinhos! Te amo