quinta-feira, 27 de outubro de 2005

Igual eu

Hoje farei uma coisa diferente. Em vez de um texto meu, vou publicar fragmentos de textos do escritor Mark Twain, destacados pela Veja desta semana. Achei o humor dele bem parecido com o meu. Este será o próximo livro que lerei.

O riso do cotidiano

" Suponho que os estrangeiros não apreciam nossa comida mais do que nós a deles. Não é de estranhar, pois o paladar se forma, não se nasce com ele. Posso elogiar o meu cardápio até não agüentar mais, porém o escocês balançaria a cabeça e perguntaria: – Cadê a lingüiça de sangue de porco? – E os nativos das Ilhas Fiji perguntariam: – Cadê o missionário?"
Do livro Um Mendigo no Estrangeiro, de 1880

"RECOMPENSA DE DUZENTOS E CINCO DÓLARES: No grande jogo de beisebol realizado na terça-feira, enquanto eu me ocupava em dar vivas, um menino pegou um GUARDA-CHUVA inglês, de seda marrom, de minha propriedade, e esqueceu de devolvê-lo. Gratificarei com cinco dólares quem entregar o guarda-chuva na minha residência, na Avenida Farmington. Não quero o menino (em nenhum estado ativo), mas pagarei duzentos dólares pelos restos dele."
Nota no jornal Hartford Courant, em 1875

"Respeitem seus superiores, se os tiverem. Respeitem também os estranhos e, às vezes, os outros. Se uma pessoa lhe ofender e você ficar em dúvida se foi proposital ou não, não tome atitudes radicais, basta esperar uma oportunidade e acertar um tijolo nele. Isso basta. Se descobrir que a pessoa não tinha intenção de ofender, seja sincero e confesse que agiu errado ao atingi-lo com o tijolo; reconheça isso como homem e diga que foi sem querer. Sim, evite sempre a violência, estamos em tempo de caridade e gentileza, tais coisas já não têm mais lugar. Deixem o uso da dinamite para os seres inferiores e grosseiros."
Discurso de 1882 num clube de jovens
fonte: Veja 26/10/2005

7 comentários:

Anônimo disse...

Some engines also rank according to how many outgoing links a site has.

I have a banner exchange advertising site/blog. It pretty much covers banner exchange advertising related stuff.

Come and check it out if you get time :-)

Eduardo Sartorato disse...

Ehehehehehehehe, humor parecido com o seu?? Eu acho que é totalmente igual o seu!! ahahahahahahaha!! to brincando!! mas que figura esse kra!! Talvez vc seja a reencarnação dele!! ahahahahaha, to brincando mais uma vez!!

abração!!

Lorena Verli disse...

Cara, acho que vc encontrou um igual na literatura mundial... Bom saber que no mundo existem pessoas que tem o seu senso de humor... Sempre o achei muito peculiar, porém divertido... Té mais Rô.

Did disse...

realmente Rodrigo... eh um humor muito sutil e gostoso de se ver. Nao eh forçado e eh sim muito parecido com o seu...ehehehehe...
Bjao
Did

Fellipe Fernandes disse...

Jà pensou: o Mark Twain do cerrado é meu amigo! faz parte dos sonhadores! ouve as minhas lamúrias! me ajuda a curtir com as pessoas! curte também horrores com a minha pessoa... mas, enfim. O Mark Twain do cerrado é um dos caras mais massas que eu conheço. É um irmão... é tudo! Não estranhem, ele é tudo. O Mark Twain do cerrado é uma pessoa muito ácida, mas quem não gosta de um sodinha de vez em quando, não é? O Mark Twain do cerrado é ele mesmo, mesmo que isso possa me dar nos nervos. Mas ele é o Mark Twain do cerrado. E eu? eu sou amigo dele. Não preciso aparecer.

maria cristina disse...

ahaahahhahaahhaaha!!! Adorei esse cara! Depois me empresta o livro!!! Ou o seu livro publicado!!! bjão

Helen Fernanda disse...

Acho a fonte do seu blog cansativa, principalmente por causa do itálico. Não dá pra mudar não?

Paz e bem!